quinta-feira, 2 de junho de 2011

Maquiavel

"Um povo que se tornou corrupto não pode gozar de liberdade nem por um curto espaço de tempo, não, nem sequer por um momento" Maquiavel

Think about it!!

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Sarney acertou

Não me surpreende o fato de o presidente do Senado, José Sarney, ter excluído o impeachment de Collor da galeria de fatos históricos da Casa. Comungo da ideia de que o evento foi apenas "um acidente". Collor perdeu aquela conotação de "coisa ruim da política". Basta olhar os fatos pós-Collor. O que é um Elba no meio de tantos mensalões, Land Rovers e dinheiros em cuecas como se viu nos últimos tempos?! Nadica de nada. O que é um PC Farias em meio a tantos ministros, deputados e etc que saíram impunes de tudo isso?! Niente. Nossos governantes se expõem na mídia para defender coisas VISIVELMENTE sem moralidade, sem ética, sem escrúpulo. Bom, vale ler a crônica de Eliane Cantanhêde, da Folha de São Paulo desta terça-feira (31). Aqui vai um pedaço:

"Ao exluir Collor do túnel do tempo, Sarney vai receber uma crítica daqui, outra dali, mas finalmente fez justiça. O impeachment não foi por um país melhor e mais ético, mas por pura falha técnica: falta de sustentação política.
Collor era um autoritário autossuficiente; PC Farias não passava de um jeca deslumbrado; o Fiat Elba foi pretexto; nós jornalistas, caímos no conto da ética; e os caras-pintadas eram só massa de manobra. Nada disso se repetirá. Os novos Collor podem ficar sossegados."

Insônia, insônia..por que me atacas?